Alterações ao código da estrada #2

Uma das alterações ao código da estrada aprovadas em Assembleia da República foi o fim da obrigatoriedade de circular em ciclovias (quando elas existem) passando a sua utilização a ser opcional.

De uma forma (muito) simplificada pode-se dizer que vias com grandes níveis de tráfego ou com  velocidades de circulação elevadas são as que mais precisam de um espaço dedicado à circulação das bicicletas. Caso contrário (velocidades baixas e volumes de tráfego reduzidos) o espaço de circulação deve ser partilhado.

Nas ruas onde são construídas ciclovias e onde que os 4 piscas se ligam com muita facilidade “só para ir ali levantar qualquer coisa” esta alteração faz ainda mais sentido. Fica aqui um vídeo que mostra muito bem o que quero dizer com tudo isto e porque é que esta alteração é tão importante.

Não é que tenhamos casos desses cá em Coimbra porque ainda não há ciclovias, mas quando um dia pensarem (também) nelas já fica aqui a sugestão de olharem para este problema com cuidado. (se bem que isto é também válido quando pensamos nas vias BUS).